• Poli Social

Os 5 motivos pelos quais você deve fazer um Manual de Identidade Visual para a sua ONG!


Um Manual de Identidade Visual é uma ferramenta muito poderosa para construir e consolidar a identidade visual da sua instituição. Ele é constituído por uma série de diretrizes que, quando aplicadas corretamente, permitem estabelecer uma identidade visual coesa entre as diferentes plataformas e aplicações da sua instituição. Nesse post, inaugural do Blog da Poli Social, você vai descobrir os cinco principais motivos pelos quais a aplicação do Manual de Identidade Visual pode trazer inúmeros benefícios para a sua ONG!


Nos Manuais de Identidade Visual - ou Brandbooks - mais tradicionais, é possível determinar variados aspectos visuais institucionais. Dentre eles, é extremamente válido citar as aplicações corretas e incorretas dos seus logotipos, as cores da marca, as fontes a serem utilizadas, o tom em que as comunicações institucionais serão feitas e, até mesmo, espaços entre os elementos de marca em um criativo ou comunicação oficial. Tudo isso contribui, e muito, para o estabelecimento de estratégias de Marketing Digital.


Dentro da Poli Social, pegamos o conceito de brandbook e o estendemos para atender as nossas demandas. Apesar da maior parte dos nossos criativos serem feitos pela equipe de Relações Externas, os grupos de trabalho também podem criar comunicações da entidade. Dessa forma, no nosso Manual de Identidade Visual, incorporamos algumas funcionalidades um pouco incomuns de serem encontradas nesse tipo de documento, como especificações técnicas de criativos, teoria das cores e sites com materiais interessantes e gratuitos para serem utilizados em artes! Isso foi feito com a finalidade de permitir maior independência e autonomia dos grupos de trabalho em questões criativas, ao mesmo tempo que também os auxiliamos com as ferramentas para executarem suas ideias! Optamos, também, por uma linguagem mais descontraída, já que o Manual foi pensado para ser utilizado internamente.



Mas vamos diretamente ao ponto: descubra, agora, quais são os benefícios que você pode ter com a aplicação de um Manual de Identidade Visual!



1. Aumento na captação de recursos: a primeira impressão é a que fica!


Sabemos que, dentro do Terceiro Setor, uma imagem profissional e séria é essencial para a captação de recursos. Um conteúdo coeso entre as redes sociais de uma instituição demonstra seriedade, organização e preparação. E é exatamente isso que doadores procuram! A imagem passada através das redes sociais acaba sendo a porta de entrada para muitos doadores conhecerem a sua instituição e é muito importante que essa imagem seja a mais positiva possível!


2. Maior eficiência do processo criativo


O manual de marca auxilia diretamente no processo criativo. Além de estabelecer diretrizes a serem seguidas, ele evita que determinadas decisões precisem ser tomadas e pensadas, uma vez que essas decisões já passaram por um processo de construção. Portanto, quando uma comunicação em redes sociais deve ser feita, não há perda de tempo para decidir qual fonte será usada, quais imagens e fotografias serão empregadas na sua construção e, também, quais cores serão empregadas na sua construção. Dessa forma, muito tempo é economizado e o retrabalho é evitado!


3. Coesão entre diferentes plataformas e aplicações


Ter um brandbook impacta diretamente na coesão entre a sua comunicação visual em diferentes plataformas. Isto é, com a aplicação correta do manual de marca, é muito mais provável que o seu site "converse" com o seu perfil no instagram. Por sua vez, é também muito mais provável que essas duas plataformas também conversem com a sua página no Facebook, por exemplo!



4. Estabelecimento da personalidade da instituição


No processo de criação do manual de identidade visual, muita reflexão é envolvida e necessária. Nesse processo, os valores da instituição devem ser levados em questão para que o manual de marca transmita corretamente os seus posicionamentos. Por consequência, com a utilização do brandbook, a personalidade da sua ONG é reforçada e estabelecida e, assim, todos podem conhecer seus valores de forma aplicada!


5. Consolidação de regras


Por fim, a aplicação do manual de identidade visual auxilia na construção e no reforço de regras próprias de uma marca. Com ele, a padronização das comunicações não fica restrita à equipe de marketing e pode ser feita por qualquer um da organização!



O Manual de Identidade Visual pode fazer parte de uma das soluções que os grupos da Poli Social implementam em seus projetos de consultoria gratuitos para as ONGs. Abrimos o processo seletivo anualmente e você pode se inscrever na nossa newsletter para não perder nenhuma atualização!